domingo, 20 de junho de 2010

Pilar Del Rio

Como descobre Saramago...

..." Pelas suas próprias palavras!

na manhã seguinte Saramago telefonou-lhe para o hotel, a pedir-lhe a morada. "Eu regressei a Sevilha, ele enviou-me alguns livros... clássicos portugueses, enviei-lhe algumas críticas... eu não sabia nada da sua vida, nem ele da minha, porque não tínhamos falado das nossas vidinhas... e então, um dia, ele escreveu-me uma carta a dizer que, se as circunstâncias da minha vida o permitissem, iria visitar-me. E as circunstâncias da minha vida permitiam-no."

vale a pena, espreitar aqui.

3 comentários:

MARIINHA disse...

Olá,
Voltei a ler a história outra vez, embora já a conhecesse. É uma história de amor muito bonita. Quem havia de dizer que aquela jornalista, que apenas queria conhecer o escritor, que era muito mais nova do que ele, acabaria por se tornar em sua mulher. A vida é feita de encontros e de desencontros também.

Bjs e boa semana

Andy disse...

Obg pela partilha, gostei muito do que li.
Óptima semana!

marie disse...

Hummm... Interessante, sim :)