domingo, 3 de outubro de 2010

As mulheres e os carros

(ou como complicar o que é tão simples)

Desde sempre me habituei a levar o carro para o que ele precisa, ora se é revisão, ora se é inspecção... lá vou eu com ele!

O que me espanta, é como é que nunca se vê uma mulher nestes sítos!Sobretudo na inspecção. E das duas uma, ou só têm carros novosss, ou passam a si próprias um certificado de incompetências, porque fingir que se depende dos homens, para estas coisas, não é um luxo, é só parvoice!

São estas atitudes, que levam a que continue a ser normal, que lá em casa "o meu marido até ajuda",- um verdadeiro anjo, portanto, ou que, como no século XXI ainda se ouve: "lá em casa as tarefas são repartidas - ela cozinha eu como, ela limpa eu sujo".

Lutar por um mundo mais equitativo, não é um luxo, é uma necessidade. As mulheres são mais pobres! Já notaram isso? Basta ver os dados que saíram agora sobre a reforma- penalizadas com salários mais baixos, voltam a ser penalizadas, na velhice!

Enquanto se discute as novas cores dos vernizes da Chanel, talvez haja ainda uma espaço para pensar noutras dimensões da vida.

6 comentários:

MARIINHA disse...

Olá,
Aqui tens uma parceira, que tal como tu é quem quase sempre vai às oficinas e à inspecção e não tem nenhum problema com isso.
Por acaso onde vou, vejo sempre mulheres com os carros, principalmente na inspecção.
A certas mulheres, por vezes dá-lhes jeito esse rótulo de que há coisas que são mais para os homens. E depois admiram-se.
Beijinhos

Fios de Vida disse...

Concordo plenamente! Eu também levo o meu carro onde seja preciso ora a revisão, ora a inspecção. E também não entendo aquelas mulheres que dependem dos homens para ir a qualquer lado! As mulheres conseguem fazer tudo, basta querermos!

Neisseria Gonorrhoeae disse...

Epá, cá em casa tb é o pai que vai, mas o motivo não tem nada a ver com o que apresentas.

Simplesmente a mãe não tem pachorra para essas coisas.

Jinhos

Jibóia Cega disse...

Lê este post que escrevi há um ano atrás:

http://jiboiacega.blogspot.com/2009/07/o-meu-marido-ajuda-me-tanto.html

Andy disse...

Adorei a parte "Enquanto se discute as novas cores dos vernizes da Chanel, talvez haja ainda uma espaço para pensar noutras dimensões da vida." :-)))

Acho que tens razão. Às vezes é um processo de acomodação. Ou talvez faça parte de um plano de divisão de tarefas. Quando se tem filhos há tanta coisa para organizar que o assunto carro acaba por "resvalar" para o homem :-) Não sei, digo eu...

Beijinho!

Poetic GIRL disse...

Eu também faço isso tudo sózinha e realmente constato que somos mesmo poucas... bjs